junho 30, 2010

“Estou preparada para ser do tamanho que meu público desejar”


 Esta frase foi dada pela não menos famosa cantora, agora single, Sandy. Isto mesmo. Ela em uma reportagem quando foi questionada a respeito da sua nova carreira solo, já que foi reconhecida nacional e internacionalmente pela parceria que fez com seu irmão Junior (então Sandy & Junior), como ela estaria preparada para lhe dar com um (re)começo uma vez que ela muda agora seu estilo visual e musical e quer estabelecer uma carreira bem sucedida. Sua resposta foi exatamente esta do título.

Ao ouvir sua frase inadvertidamente pensei como cada um de nós pensa a respeito da nossa vida e principalmente da aceitação que esperamos das pessoas que nos cercam. Avaliando esta frase, chego ao pensamento, que já cheguei por outras vias, de que ao buscarmos a felicidade sempre nos esbarramos com a infelicidade porque NÃO ESTAMOS preparados ou não nos preparamos para sermos “do tamanho” que a vida nos proporciona. Veja que não estou dizendo que devemos ser pessoas estagnadas, acomodadas, pessoas com comportamento inerte diante das vicissitudes da vida. O que estou aqui afirmando ou propondo é que saibamos lhe dar com as situações, colocações e firmações que a vida nos impõe.... sim... impõe. Veja que naquilo que nos compete devemos lutar, fazer por onde, buscar, mas há coisas que fogem de nossa alçada, arrisco dizer que a maioria das coisas que nos sucede na vida foge de nossa alçada, e é sobre isto que devemos aceitar: ser do “tamanho” que devemos ser. Há pessoas infelizes porque não tiverem um menino em vez de uma menina, que se casaram com um pobre em vez de um rico, que não vieram de família rica, que são negras, brancas, amarelas, em vez de outras raças, que não ganharam na loteria, que não se tornaram esportistas famosos, que não são religiosos com fama, que não nasceram em outro país, que não possuem uma genética privilegiada, etc.

A infelicidade bate na porta todo o dia destas pessoas porque não aceitam viver conforme a vida lhes impôs.

Precisamos ser do tamanho que realmente somos. Tenho certeza que a felicidade se apresentará mais desta forma.

Fabiano Mina