janeiro 18, 2008

A felicidade de cada um

Se a felicidade é a aquisição material, então a grande parcela da humanidade será com certeza infeliz, pois dinheiro não é lá uma vantagem que todos possuem sobrando em seus bolsos.

Caso a felicidade seja um “estado de espírito”, então espiritualmente tem muita gente se esquecendo de se tratar.

Pode ser que a felicidade seja apenas uma aspecto emocional variável, e aí o que mais teremos são variações durante a vida, ou seja, um eterno – “felicidade-não-felicidade”, “não-felicidade-felicidade”, e por aí vai.

Alguns talvez digam que felicidade é conseguir fazer tudo o que se “pode” ser feito. Bom... então essa felicidade está bastante próxima do que alguns diriam ser libertinagem, anarquia, irresponsabilidade, etc.

Como podemos perceber felicidade não é algo tão simples assim de se definir e ainda assim sempre passará pela opinião própria de cada um que inclusive pode reunir todas essas citadas acima e outras mais. Mas particularmente prefiro dizer que a felicidade é a somatória daquilo que fazemos de bom, verdadeiro e justo durante a vida. Seguindo esta “receita” poderemos dizer no final da vida que fomos felizes, seja com as dificuldades ou com as facilidades que a vida nos proporciona.

Fabiano Mina